Na linha Honda 2015 de motocross a principal mudança é um botão para selecionar um dos mapas da ignição/injeção.

Os modelos CRF 250R e CRF 450R permitejm que o piloto escolha entre três mapas de entrega de potência – sistema inédito em motos off-road
Principal novidade são os três modos de pilotagem, tecnologia vista pela primeira vez no motocross - Divulgação
Principal novidade são os três modos de pilotagem, tecnologia vista pela primeira vez no motocross - Divulgação

A Honda lançou a linha 2015 de suas motocicletas com mudanças que as tornam ainda mais preparadas, tanto para o lazer, quanto para a competição. A atualização mais importante é, com certeza, a adição de três mapas de gerenciamento de motor em ambas as motos: Standard, Smooth e Agressive (de fábrica, suave e agressivo, respectivamente). Tal tecnologia empregada pelos engenheiros da Honda é utilizada pela primeira vez em uma motocicleta off-road. Segundo a marca, todas as alterações feitas nos modelos, como novos chassis, suspensões, freios, entre outras, tem como foco oferecer um produto muito próximo das motos de competição da HRC (Honda Racing Corporation).
CRF 250R
Para o ano de 2015, a CRF 250R recebeu o mesmo chassi dupla trave em alumínio de sua irmã maior, seguindo a filosofia de centralização de massa da CRF 450R.
Nova 250R traz garfos invertidos pneumáticos Showa de função separada e sistema Triple Air Chamber - Divulgação
Nova 250R traz garfos invertidos pneumáticos Showa de função separada e sistema Triple Air Chamber - Divulgação

A versão atualizada da moto de 250cc ganhou também um novo conjunto de suspensão. Agora, conta com garfos invertidos pneumáticos Showa de função separada (Separate Front Function AIR), que foi desenvolvida especialmente para as exigências da categoria 250cc de motocross. De acordo com a fabricante, a nova suspensão é mais leve que a versão anterior e ainda separa as funções de compressão e amortecimento entre as “pernas” direita e esquerda do garfo de suspensão, tornando-a mais eficiente. Além disso, a mola do amortecedor traseiro Showa da CRF 250R 2015 é construído em outro material, que, segundo a fabricante, é mais leve e mais resistente.

No quesito motor, a nova máquina off-road de 250cc traz um sistema de retorno de aceleração atualizado, que auxilia o piloto no controle da motocicleta em altas rotações. Seu motor monocilíndrico de 249 cm³ é capaz de gerar até 38 cv de potência máxima a 11.000 rpm e torque máximo de 2,7 kgf.m aos 8.500 giros. A principal novidade, no entanto, fica mesmo por conta do sistema de gerenciamento, com três mapas de motor, que promete revolucionar o segmento. Segundo a Honda, o modo 1 (standard) utiliza a configuração de fábrica de entrega de potência e torque. Já o modo 2 foi desenvolvido para o uso em terrenos escorregadios, com muita lama, cuja entrega de torque e potência é feita de uma maneira mais controlada. E a configuração 3 é mais agressiva e foi projetada para ser utilizada em areia fofa e profunda. A marca japonesa esclarece que os modos 2 e 3 podem ser configurados pelo usuário via hardware e software da HRC (Honda Racing Corporation).
Com apenas um clique no botão, o piloto consegue mudar o mapa de motor em três opções - Divulgação
Com apenas um clique no botão, o piloto consegue mudar o mapa de motor em três opções - Divulgação

Com facilidade, o piloto pode selecionar um dos três modos de pilotagem via botão (Engine Mode Select Button – EMSB) no punho direito, próximo ao acelerador. Isso auxilia a vida de pilotos profissionais e amadores, que com apenas um toque conseguem modificar a entrega de potência de acordo com a condição de cada pista.
Nova CRF 250R traz disco traseiro em novo formato - Divulgação
Nova CRF 250R traz disco traseiro em novo formato - Divulgação

Além dessas importantes alterações, a nova CRF 250 também ganhou um amortecedor de guidão progressio, Honda Progressive Steering Damper (HPSD), e duas saídas de escapamento que melhoram a resposta de aceleração em toda a faixa de potência, com uma reação em baixas e médias rotações otimizada. E por último, recebeu também há um novo disco dianteiro de 260 mm de diâmetro, gráficos inspirados na motocicleta Honda do Mundial de Motocross, além dos pneus Dunlop MX52F/MX52. Com todas as mudanças, a CRF 250R pesa agora 105 kg em ordem de marcha e vem com um tanque de combustível de 6,4 litros de capacidade.
Assim como sua irmã maior, a nova CRF 250R traz agora dupla saída de escape - Divulgação
Assim como sua irmã maior, a nova CRF 250R traz agora dupla saída de escape - Divulgação

CRF 450R
Apesar de não ter sofrido alterações no quadro – continua com o mesmo chassi de dupla trave em alumínio –, a nova 450R ganhou a segunda geração da suspensão dianteira KYB Pneumatic Spring Forks (PSF2), cujas peças internas são mais leves e diminuíram 10% da fricção, segundo informações da marca.
A versão 2015 da Honda CRF 450R traz suspensão dianteira com ajustes para velocidade alta ou baixa - Divulgação
A versão 2015 da Honda CRF 450R traz suspensão dianteira com ajustes para velocidade alta ou baixa - Divulgação

Por utilizar tal sistema, a ar e sem molas, e contar com novos ajustes de retorno e amortecimento para baixa e alta velocidade, a nova versão da máquina off-road oferece uma grande versatilidade no acerto da suspensão dianteira, podendo variar de acordo com a configuração de cada pista. Já a suspensão traseira, constituída por monoamortecedor KYB, ganhou um acesso mais fácil aos ajustes, para uma configuração mais simples e rápida.
Monoamortecedor traseiro KYB da CRF 450R conta agopra com ajustes de fácil acesso - Divulgação
Monoamortecedor traseiro KYB da CRF 450R conta agopra com ajustes de fácil acesso - Divulgação

O motor da nova CRF 450R sofreu algumas alterações. As mudanças incluem, além dos três mapas de pilotagem iguais aos de sua irmã mais nova, melhorias internas, como o novo desenho do cabeçote e novo sistema de escapamento.
Versão 2015 da Honda CRF 450 é equipada com motor monocilíndrico de 449,7 cm³ capaz de gerar 53,7 cv - Divulgação
Versão 2015 da Honda CRF 450 é equipada com motor monocilíndrico de 449,7 cm³ capaz de gerar 53,7 cv - Divulgação

O monocilíndrico de 449,7 cm³ que equipa a CRF 450R é capaz de gerar 53,7 cv de potência máxima a 9.000 rpm e torque máximo de 4,89 kgf.m a 7.000 giros. Outras atualizações na transmissão e nos pistões aumentam a durabilidade das peças. Além disso, a CRF 450R recebeu ainda novos radiadores para aprimorar o arrefecimento do motor.
Ambas as versões, tanto a 250R quanto a 450R, ganharam novo disco dianteiro com 260 mm de diâmetro - Divulgação
Ambas as versões, tanto a 250R quanto a 450R, ganharam novo disco dianteiro com 260 mm de diâmetro - Divulgação

Assim como sua irmã menor, a 450R ganhou novo disco dianteiro de 260 mm, 20 mm maior que a versão anterior, o que aumenta o poder de frenagem. A pintura e os gráficos também são inspirados na moto da HRC do Mundial de Motocross, que deixam a CRF 450R ainda mais próxima das competições.
Tanto a CRF 250R quanto a CRF 450R trazem cores e grafismos inspirados nas motos do Mundial de MX - Divulgação
Tanto a CRF 250R quanto a CRF 450R trazem cores e grafismos inspirados nas motos do Mundial de MX - Divulgação

Com todas essas novidades técnicas, a CRF 250R e a CRF 450R estão claramente focadas para competições profissionais, mas podem ser muito bem aproveitadas por consumidores que estão atrás de prazer, diversão e, principalmente, desempenho. Nos Estados Unidos elas já estão à venda.


Atenção pilotos, dia 27 de Julho tem a 3ª etapa do Campeonato Potiguar de Enduro FIM que também é válida pela 3ª etapa da Copa Nordestão no dia 27 de julho em Santa Cruz.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO CLICANDO AQUI


Segue abaixo o relato de Marcones o organizador da etapa.

OI PESSOAL, FECHEI A VOLTA EM SANTA CRUZ, O PERCURSO VAI FICAR COM O 1 CROSSTEST E 3 ETS, NÃO TIVE COMO VER AS QUILOMETRAGEM,POIS O A PRIORIDADE ERA LIMPAR AS TRILHAS, + A VOLTA DEVE DAR APROXIMADAMENTE UNS 30 KM COM UNS 11KMS CRONOMETRADO, O CROSTEST É ONDE TEM + PEDRAS, O 1ª ET PREDOMINA TERRA BATIDA COM TRECHOS DE ALTA ALTERNANDO COM TRECHOS TRAVADO, QUASE NÃO TEM PEDRAS, A 2ª ET JÁ COMEÇA A APARECER UMA PEDRINHAS + POUCAS O 3º ET , "A ESPECIAL DA SANTA" É ONDE VAI DECIDIR A PROVA, TEM BASTANTE PEDRAS MAS É BASTANTE TÉCNICO COM EROSÕES SUBIDAS E TRILHAS EM NEGATIVAS, CONTORNANDO O MONTE DE SANTA RITA DE CASSIA´.
SEGUE O Nº DA POUSADA SANTA RITA. A + PRÓXIMA DO BRIEFING


 84-3291-4044



03 de agosto tem a 3ª etapa do Motocross
em Baia Formosa   - RN


10 de agosto Umarizal.




24 de agosto será a vez de Passa e Fica









Mais uma etapa de grande sucesso foi o Motocross de João Câmara.



RESULTADO



MX1
MX2
MX3
MX4
MIRIM
230
ARTHUR
GÁS
ARTHUR
GÁS
EVANIO
HIPOLITO
JOÃO VICTOR
ARTHUR GÁS
THIAGO
COSTA
THIAGO COSTA
NEGO
EDMO
ALIAKIN
NOVINHO
EDJARDE
JOÃO VICTOR
MAURILIO
MIGUEL
GILDEADSON
JORDANIO
PATRICK
NEGO
BUIU
VALERIO
JOÃO VITOR NEGREIROS
GIL

ALIAKIN
GENILDO
JOAO BATISTA
GUSTAVO
EDJARDE

HUDSON
EDINHO
LEOBALDO
MARCUS VINICIUS
JUAN

VANIN
VANIN
JOANATHAN
MANOEL GUSTAVO
MAURILIO


RESULTADO João CAMARA-RN
MIRIM
1 LUGAR : 25 PONTOS : JOÃO VICTOR, MACAIBA-RN
2 LUGAR : 22 PONTOS : ALIAKIN, A. DO RODRIGUES-RN
3 LUGAR : 20 PONTOS : GILDEADSON, J. CAMARA-RN
4 LUGAR : 18 PONTOS : JOÃO VICTOR, NATAL-RN
5 LUGAR 16 PONTOS : GUSTAVO BRITO, PARNAMIRIM-RN
6 LUGAR 15 PONTOS : MARCUS VINICIUS, JOÃO CAMARA-RN 
7 LUGAR 14 PONTOS : MANOEL GUSTAVO, NATAL-RN
8 LUGAR 13 PONTOS : ANTÔNIO LUCAS, BREJINHO-RN
230CC
1 LUGAR : 25 PONTOS : ARTHUR, NATAL-RN
2 LUGAR : 22 PONTOS : JEOVÁ SARMENTO, PARNAMIRIM-RN
3 LUGAR : 20 PONTOS : JORDANIO, NATAL-RN
4 LUGAR : 18 PONTOS : JOSÉ GIL, JOÃO CAMARA-RN
5 LUGAR : 16 PONTOS : EDJARDI HIPÓLITO : NATAL-RN
6 LUGAR : JUAN CÉSAR : PARNAMIRIM-RN
7 LUGAR : 14 PONTOS : MAURILIO, MACAIBA-RN
8 LUGAR : 13 PONTOS : ALIAKIN, A. DO RODRIGUES-RN
9 LUGAR : 12 PONTOS : RAIMUNDO SILVA
MX4
1 LUGAR 25 PONTOS : HIPÓLITO, NATAL-RN
2 LUGAR 22 PONTOS : EDMO, PARNAMIRIM-RN
3 LUGAR 20 PONTOS : MIGUEL, PARNAMIRIM-RN
4 LUGAR 18 PONTOS : VALÉRIO SANTIAGO, NATAL-RN
5 LUGAR 16 PONTOS : JOÃO BATISTA
6 LUGAR 15 PONTOS : LEOBALDO, MACAIBA-RN
7 LUGAR 14 PONTOS : JOANATHAN, NATAL-RN
8 LUGAR 13 PONTOS : IVANALDO MEDEIROS, NATAL-RN
9 LUGAR 12 PONTOS : JOÃO MARIA, NATAL-RN
10 LUGAR 11 PONTOS : ZEZE ,UMARIZAL-RN
11 LUGAR 10 PONTOS : VIOLANGI, NATAL-RN
MX3
1 LUGAR 25 PONTOS : EVANIO, PB
2 LUGAR 22 PONTOS : AMARILDO XAVIER ,NATAL-RN
3 LUGAR 20 PONTOS : MAURILIO, MACAIBA-RN
4 LUGAR 18 PONTOS :JUNIOR PARNAMIRIM-RN
5 LUGAR 16 PONTOS : GENILDO, NATAL-RN
6 LUGAR 15 PONTOS : EDINHO, NATAL-RN
7 LUGAR 14 PONTOS : JOSIVAN HOLANDA, NATAL-RN
8 LUGAR 13 PONTOS : AUDI ,NATAL-RN
9 LUGAR 12 PONTOS :FRANCISCO CANIDE, PARNAMIRIM-RN
10 LUGAR 11 PONTOS : ROBERTO CICLO ,NATAL-RN
11 LUGAR 10 PONTOS : JOANATHAN, NATAL-RN
12 LUGAR 09 PONTOS : VIOLANGI, NATAL-RN
13 LUGAR 08 PONTOS : ERIVALDO, NATAL-RN
14 LUGAR 07 PONTOS : BRUNO SILVEIRA
MX2
1 LUGAR 25 PONTOS : ARTHUR, NATAL-RN
2 LUGAR 22 PONTOS : THIAGO, NATAL-RN
3 LUGAR 20 PONTOS : JOÃO VICTOR, MACAIBA-RN
4 LUGAR 18 PONTOS : AMARILDO XAVIER, NATAL-RN
5 LUGAR 16 PONTOS : ALIAKIN, A. DO RODRIGUES-RN
6 LUGAR 15 PONTOS : HUDSON, UMARIZAL-RN
7 LUGAR 14 PONTOS : JOSIVAN HOLANDA, NATAL-RN
8 LUGAR 13 PONTOS : PATRICK
9 LUGAR 12 PONTOS : BRUNO SILVEIRA,
10 LUGAR 11 PONTOS : AURÉLIO, CEARÁ MIRIM-RN
MX1
1 LUGAR 25 PONTOS : ARTHUR, NATAL-RN
2 LUGAR 22 PONTOS : THIAGO, NATAL-RN
3 LUGAR 20 PONTOS : EDJARDI HIPÓLITO, NATAL-RN
4 LUGAR 18 PONTOS : PATRICK




OUTRAS CATEGORIAS

XR200: 1º NOVINHO   2º LUCIANO  3º PAULO

NACIONAL FORÇA LIVRE: 1º NOVINHO  2º ARTHUR  3º LUCIANO

LOCAL: 1º GILDEADSON  2º GIL   3º KIKO 


CONFIRA A PÁGINA NO FACEBOOK DA FEDERAÇÃO: 
https://www.facebook.com/pages/Femorn/284516314933543



 (Fotos: Marco Montoril  - blogdomontoril.com.br)


                                                  PÓDIUM MX2





PÓDIUM MX1

AGUARDE... ESTAMOS PROVIDENCIANDO  O  RANKING ATUALIZADO.

AGUARDE AQUI MAIS FOTOS E VÍDEOS.

Podendo descartar uma etapa todos os pilotos tem chance de se tornar Campeão Estadual, para participar do Ranking o piloto tem que estar filiado.


A DIRETORIA



JUNIOR E A EQUIPE DE CRONOMETRAGEM

MAGRÃO NO COMANDO 


O CLUBE DO CROSS E SEMPRE CONTRIBUINDO PARA O CRESCIMENTO DO ESPORTE

HIPÓLITO - MEMBRO DA COMISSÃO ESTADUAL DE MOTOCROSS


A COMPETENTE EQUIPE DE SOCORRO MÉDICO

PARABÉNS AOS ORGANIZADORES DO EVENTO MÁRCIA E MANOEL BOLA



A ALEGRIA DO PAI COM DOIS FILHOS NO PÓDIUM
GILDEADSON E GILDEALYSSON 








 

























Copa Velocross começa com grande sucesso, evento contou com a presença de pilotos de várias modalidades. Parabéns aos organizadores Montanha e Paulo Almeida, serão 3 etapas no OFF ROAD PARK - MACAÍBA.







APESAR DA CHUVA A PROVA AGRADOU AOS PILOTOS

RESULTADO E TEMPOS DAS ESPECIAIS LOGO ABAIXO DAS FOTOS.



Lugar
NUM
SUPER PROD.
Tempo
73
RONALDO PEREIRA

00:39:22,6
5
ALYSSON RAMOS

00:40:16,5
80
ANDERSON

00:47:27,6
95
JOAO PAULO

00:48:00,0
83
JOHN MONTEATH

00:48:28,8
76
ONALDO NOVAES

01:34:23,2

* Tempos detalhados logo abaixo

Lugar
MARATON
NUM
Tempo
BARBOSA
404
00:40:11,8
MOISES ALEX
110
00:48:14,6
SOM
43
00:48:35,0

* Tempos detalhados logo abaixo

Lugar
NUM
BRASIL SUPER
Tempo
123
ABRAAO
00:45:15,4
57
LEONARDO MARTINS
00:45:30,1
51
JANNYSSON - ASSU
00:50:05,1
311
ZE PAULO
00:50:17,3

* Tempos detalhados logo abaixo

Lugar
NUM
TURISMO
Tempo
72
JACKSON GUILMARAES
0:45:59
50
FABRICIO VIDAL
0:46:39
85
WASHINGTON
0:47:51
850
ARLINDO JUNIOR
0:49:21
2
EDICHARLES
0:51:23
777
EDIVALDO
0:52:43
59
RICARDO CARTER
0:55:35
68
JOAO ANTONIO
0:57:36


QUADRICICLOS


Lugar
NUM
QUADRI SUPER
Tempo
92
DEMONTIER MOURA

00:44:09,3
75
RODOLFO

00:45:44,2
81
LEONARDO ARAURO

01:24:51,0
66
FRANKLIN

03:00:00,0


* Tempos detalhados logo abaixo

Lugar
QUADRI SPORT
NUM
Tempo
JONAS
7
00:42:28,5
IKARO
55
00:42:38,9
MARCELO
78
00:44:17,4
RIBAMAR
52
00:45:18,5
GUILHERME INTERAMINENSE
77
00:45:41,2
HEIDER RICARDO
89
00:57:40,2
DIEGO
56
00:58:49,3



----------------------------------------------------------------------------------------------------

TEMPOS


PILOTO


TEMPO

TEMPO
SOMA
N°
SUPER PRODUCTION
Cat
Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL
5
ALYSSON RAMOS
SPD
1
13:06,5
1
0:01:12,1
00:40:16,5



2
12:11,0
2
0:01:03,9




3
11:42,0
3
0:01:01,0




Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL
73
RONALDO PEREIRA
SPD
1
12:28,0
1
0:01:22,2
00:39:22,6



2
12:03,0
2
0:01:03,5




3
11:20,1
3
0:01:05,8




Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL
95
JOAO PAULO
SPD
1
15:37,9
1
0:01:23,4
00:48:00,0



2
14:35,8
2
0:01:18,4




3
13:54,5
3
0:01:10,0




Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL
83
JOHN MONTEATH
SPD
1
14:14,5
1
0:01:12,4
00:48:28,8



2
12:46,0
2
0:01:06,6




3
17:53,3
3
0:01:16,0




Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL
76
ONALDO NOVAES
SPD
1
19:30,0
1
0:01:33,9
01:34:23,2



2
16:56,6
2
0:01:22,7




3
50:00,0
3
0:05:00,0




Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL
80
ANDERSON
SPD
1
15:01,7
1
0:01:22,3
00:47:27,6



2
14:34,6
2
0:01:14,3




3
13:59,2
3
0:01:15,5









NUMERO
MARATON


TEMPO

TEMPO
SOMA
N°
PILOTO
Cat
Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL
404
BARBOSA
MAR
1
13:20,4
1
0:01:14,1
00:40:11,8



2
12:00,3
2
0:01:08,9




3
11:22,3
3
0:01:05,8




Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL
110
MOISES ALEX
MAR
1
16:02,4
1
0:01:54,0
00:48:14,6



2
14:02,2
2
0:01:16,4




3
13:44,8
3
0:01:14,8




Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL
43
SOM
MAR
1
15:27,0
1
0:01:54,5
00:48:35,0



2
14:39,0
2
0:01:20,9




3
13:57,1
3
0:01:16,5




Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL








NUMERO
BRASIL SUPER


TEMPO

TEMPO
SOMA
N°
PILOTO
Cat
Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL
311
ZE PAULO
BRS
1
15:49,5
1
0:01:20,4
00:50:17,3



2
15:22,0
2
0:01:17,9




3
15:13,8
3
0:01:13,7




Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL
57
LEONARDO MARTINS
BRS
1
14:58,2
1
0:01:13,5
00:45:30,1



2
13:51,9
2
0:01:11,4




3
13:07,8
3
0:01:07,3




Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL
123
ABRAAO
BRS
1
14:15,3
1
0:01:18,9
00:45:15,4



2
13:02,2
2
0:01:10,8




3
14:18,8
3
0:01:09,4




Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL
51
JANNYSSON - ASSU
BRS
1
16:12,9
1
0:01:25,8
00:50:05,1



2
15:13,6
2
0:01:15,9




3
14:42,0
3
0:01:14,9




Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL



Volta
CROSS T.

ESPECIAL
TOTAL
NUMERO
TURISMO


TEMPO

TEMPO
SOMA
N°
PILOTO
Cat
Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL
2
EDICHARLES
TUR
1
16:33,2
1
0:01:29,7
00:51:23,2



2
15:41,1
2
0:01:21,0




3
15:03,1
3
0:01:15,1




Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL
68
JOAO ANTONIO
TUR
1
17:50,3
1
0:01:39,8
00:57:36,4



2
16:18,9
2
0:04:56,1




3
15:32,7
3
0:01:18,6




Volta
CROSS T.
Volta
ESPECIAL
TOTAL
72
JACKSON GUILMARAES
TUR
1
14:33,0
1
0:01:16,8
00:45:59,0



2
14:04,0
2
0:01:22,9




3
13:30,6
3
0:01:11,7




Volta
CROSS T.
Volta
ESPECIAL
TOTAL
50
FABRICIO VIDAL
TUR
1
14:45,2
1
0:01:19,4
00:46:38,8



2
14:07,0
2
0:01:15,5




3
13:59,7
3
0:01:12,0




Volta
CROSS T.
Volta
ESPECIAL
TOTAL
777
EDIVALDO
TUR
1
16:50,0
1
0:01:18,1
00:52:42,9



2
15:59,0
2
0:01:17,0




3
16:06,3
3
0:01:12,5




Volta
CROSS T.
Volta
ESPECIAL
TOTAL
85
WASHINGTON
TUR
1
14:50,0
1
0:01:17,0
00:47:51,3



2
14:29,8
2
0:01:16,5




3
14:44,8
3
0:01:13,2




Volta
CROSS T.
Volta
ESPECIAL
TOTAL
850
ARLINDO JUNIOR
TUR
1
15:30,9
1
0:01:17,8
00:49:21,3



2
15:13,1
2
0:01:15,4




3
14:54,1
3
0:01:10,0




Volta
CROSS T.
Volta
ESPECIAL
TOTAL
59
RICARDO CARTER
TUR
1
16:58,1
1
0:01:20,6
00:55:34,7



2
19:31,0
2
0:01:16,5




3
15:20,7
3
0:01:07,8

















NUMERO
PRODCTION 250


TEMPO

TEMPO
SOMA
N°
PILOTO
Cat
Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL
86
FELIPE ROMEIRO
MAR
1
18:48,9
1
0:01:23,1
00:56:29,6



2
17:25,0
2
0:01:19,8




3
16:18,5
3
0:01:14,3




Volta
ESP 1
Volta
ESP 2
TOTAL
377
RENATO FIGUEIREDO - PB
MAR
1
16:01,2
1
0:01:25,0
00:50:15,1



2
17:07,0
2
0:01:08,8




3
13:29,9
3
0:01:03,2










PILOTO


TEMPO

TEMPO
SOMA
N°
QUADRI SUPER PRODUCTION
Cat
Volta
CROSS T.
Volta
ESPECIAL
TOTAL
92
DEMONTIER MOURA
SPD
1
14:39,5
1
0:01:06,0
00:44:09,3



2
13:34,6
2
0:01:06,3




3
12:38,4
3
0:01:04,5




Volta
CROSS T.
Volta
ESPECIAL
TOTAL
81
LEONARDO ARAURO
SPD
1
14:49,7
1
0:01:12,0
01:24:51,0



2
12:41,2
2
0:01:08,1




3
50:00,0
3
0:05:00,0




Volta
CROSS T.
Volta
ESPECIAL
TOTAL
66
FRANKLIN
SPD
1
59:00,0
1
#N/D
03:00:00,0



2
#N/D
2
#N/D




3
#N/D
3
#N/D




Volta
CROSS T.
Volta
ESPECIAL
TOTAL
75
RODOLFO
SPD
1
14:21,7
1
0:01:12,0
00:45:44,2



2
14:03,6
2
0:01:12,1




3
13:45,5
3
0:01:09,3









NUMERO
QUADRI TUR


TEMPO

TEMPO
SOMA
N°
PILOTO
Cat
Volta
CROSS T.
Volta
ESPECIAL
TOTAL
77
GUILHERME INTERAMINENSE
MAR
1
16:16,0
1
0:01:16,0
00:45:41,2



2
13:20,0
2
0:01:07,2




3
12:35,7
3
0:01:06,3




Volta
CROSS T.
Volta
ESPECIAL
TOTAL
55
IKARO
MAR
1
14:13,0
1
0:01:25,0
00:42:38,9



2
12:34,6
2
0:01:06,6




3
12:11,5
3
0:01:08,2




Volta
CROSS T.
Volta
ESPECIAL
TOTAL
52
RIBAMAR
MAR
1
15:37,1
1
0:01:11,7
00:45:18,5



2
13:13,8
2
0:01:11,1




3
12:57,4
3
0:01:07,4




Volta
CROSS T.
Volta
ESPECIAL
TOTAL
89
HEIDER RICARDO
MAR
1
18:44,2
1
0:01:27,8
00:57:40,2
Cidade-UF


2
17:43,9
2
0:01:15,5

Patrocínio


3
17:08,5
3
0:01:20,3




Volta
CROSS T.
Volta
ESPECIAL
TOTAL
56
DIEGO
MAR
1
19:11,5
1
0:01:29,8
00:58:49,3
Cidade-UF


2
18:06,9
2
0:01:22,2

Patrocínio


3
17:28,0
3
0:01:10,9




Volta
CROSS T.
Volta
ESPECIAL
TOTAL
7
JONAS
MAR
1
13:17,9
1
0:01:10,7
00:42:28,5
Cidade-UF


2
12:49,8
2
0:01:12,5

Patrocínio


3
12:48,2
3
0:01:09,4




Volta
CROSS T.
Volta
ESPECIAL
TOTAL
78
MARCELO
MAR
1
15:27,0
1
0:01:09,2
00:44:17,4
Cidade-UF


2
12:49,5
2
0:01:05,1

Patrocínio


3
12:42,6
3
0:01:04,0
















  





A direção do Baja só tem agradecer pela bela recepção proporcionada pelo Prefeito Pepeu e o Secretario de Educação Arlindo Júnior, que por sinal também é nosso colega de trilha.




PATROCÍNIO

________________

________________

_________________

________________

Livre

Livre